sexta-feira, 8 de junho de 2012

Abuso Sexual Infantil

A catequista Denyse me fez um pedido de criar algo com o tema Abuso Sexual Infantil, para ser trabalhado na catequese.
É um tema que está na mídia e que infelizmente as crianças são os principais alvos.
Quando Denyse me disse da sua vontade de debater esse tema na catequese, eu achei uma boa ideia, até mesmo para ser trabalhado com turmas de Perseverança. 
Nas pesquisas que fiz, e nos estudos sobre esse tema que fiz, descobrir que muitas crianças sofrem caladas, guardam consigo mesmo um sofrimento que é alimentado através de ameaças e que a maioria dessas monstruosidades vem de pessoas próximas dessas crianças. Nós adultos as vezes não sabemos como lidar com isso, as vezes nem acreditamos e damos atenção devida para as crianças e talvez (creio eu) que esse é o grande motivo do silêncio delas.
Preparei algumas dicas, ideias, enfim, fim um grande resumo que estudei e pesquisei. 
Que esta postagem sirva de alerta, e que consiga atingir muitas pessoas, pois precisamos dar mais atenção a nossas crianças, precisamos proteger mais nossas crianças e orientar tanto os pais como os moradores e pessoas conhecidas sobre como combater a violência sexual infantil.
Vamos lutar, para que no rostinho de nossas crianças nascem sempre um lindo sorriso .
Preparei uma história que vocês catequistas, professores e pais possam trabalhar com suas crianças:













Estava pensando que todos nós poderíamos apresentar esta história na TV Maluca, quem ainda não sabe que ideia é esta é só CLICAR AQUI. Mas fica a critério de cada um. 
Espero que tenham gostado da história, procurei algo que fosse de fácil entendimento para as crianças de todas as idades, quanto as crianças maiores, a sugestão que dou aos catequistas, é adaptar a história em um teatro e fazer com que as próprias crianças apresentem.

Também preparei um cartãozinho que pode se tornar um cartaz e em cima desse cartaz fazer uma reflexão sobre a frase.

Também preparei um desenho para as crianças colorir e expor em um mural.


Nesse encontro, poderá levar as crianças ao conselho tutelar da cidade ou convidar um conselheiro para dar uma palestra para alertar as crianças. 
Depois dos debates, orientações sobre o tema, que tal promover uma campanha nas ruas da sua comunidade? Com cartazes, panfletos, para levar a população ao conhecimento desse tema, e até mesmo preparar as crianças para se protegerem.
Pensando na possibilidade da Campanha nas ruas, preparei um panfleto com algumas informações importantes que pode ser distribuído nas casas.  

E sempre que acontecer casos de qualquer violência sexual ligue 100. Vamos proteger a todos, principalmente nossas crianças.

É isso aí pessoal!!! Ensinar nossas crianças como se proteger dos monstros da sociedade também é evangelizar.

7 comentários:

  1. Ola Jonathan obrigada por sua atenção e pelo lindo trabalho que fez, ficou maravilhoso.
    Deus abençõe.

    Denyse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denyse, que bom que gostou. Espero que esta postagem ajude outras comunidades na proteção de nossas crianças.

      Excluir
  2. Olá! Parabéns pelo trabalho. O livro infantil SEGREDO SEGREDÍSSIMO é recomendado por educadores para tratar do tema abuso sexual infantil com crianças a partir dos 5 aninhos.
    Nosso objetivo: colocar o tema abuso sexual infantil dentro das salas de aula em todo o país para que as crianças brasileiras aprendam, desde cedo, a se proteger.

    http://vilamulher.terra.com.br/livro-infantil-aborda-abuso-sexual-de-forma-simples-e-objetiva-8-1-55-888.html

    ResponderExcluir
  3. Olá, Jonathan. Amei essa sua postagem, com certeza é muito útil, a historinha é muito boa. Ainda essa semana adquiri dois livros sobre o assunto, um para adolescentes O MENINO DO CAPUZ VERMELHO, de Marília Pirillo, que faz uma alusão à Chapeuzinho Vermelho e um outro para crianças menores, que eu gostei muito, que seria indicado para crianças menores, acho que de 6 à 10 anos, ANTONIO, de Hugo Monteiro Ferreira. Ambos tratam de abuso sexual e são abordados de maneira muito contundentes.
    Parabéns pelo post! Compartilhei no facebok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Edilene que gostou, tive o cuidado para elaborar essa postagem e as atividades também. Fiz uma pesquisa na internet sobre os livros que você citou, e achei bacana os trabalhos, resolvi até publicar aqui no blog para divulgar as obras que relatam sobre esse assunto.Volte sempre.

      Excluir
  4. Gostei da idéia. Tenho que montar uma aula de 4 horas sobre abuso infantil com crianças de uma escola. É um projeto do meu curso de Psicologia

    ResponderExcluir

Caso não dê conta de comentar com o seu email, você poderá comentar clicando na opção ANÔNIMO, só não pode esquecer de deixar o nome no final de seu comentário. Desde já, agradeço seu comentário e convido a voltar sempre.

Jonathan Cruz