segunda-feira, 30 de julho de 2012

Cauda do Dragão: Dinâmica e Brincadeira para catequese



- Cauda do Dragão -
Tema: Somos membros uns dos outros. Viver em comunidade é não deixar os elos se romperem. (Rm 12,4 -5)
Objetivo: Pegar a cauda sem romper a corrente.


Regras: 

  1. Formar duas coluna retas, o de trás segurando no ombro do da frente;
  2. Sem romper o corpo, a cabeça deve tentar pegar a cauda com a ajuda de todos;
  3. Se a cabeça conseguir, passa a ser a cauda e o segundo passa a ser a cabeça;
  4. Vence a fita que conseguir primeiro  que todos sejam cabeça;
Pregação:
A cabeça leva o corpo a segui-la. Ser do mesmo corpo exige que estejamos sempre ligados uns aos outros.

6 comentários:

  1. Oi Jonathan
    Tudo bem?
    Postei lá no meu blog a Catequese em Família, passa lá para dar uma olhadinha...
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Boa Noite Jonathan, estou curiosa p/ver as fotos da festa. Pelo jeito vc tbém não para hein...agora vc esta rumo a Sete Lagoas, mas é ótimo ter formação né...a semana passada tbém tivemos formação para catequistas foi ótimo.
    Enviei para vc o email com o folder da caminhada tá, obrigado, tchau fica com Deus tenha uma semana abençoada.
    Vanusa
    Pres Prudente sp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanusa, a festa foi LIIIIIIIINNNNNDDDDDAAAAAAAAAA!!! As fotos estou aqui peneirando as melhores para publicar e digo uma coisa, tá difícil pois cada foto está mais linda que a outra, mas deve ter umas 300 e não caberia aqui no blog né rsrsrsrs. Você viu que minha agenda está só que anda rsrsrs essa semana toda tem curso pra "nóis" e em breve publicarei as fotos rsrsrs. Publicarei o folder pode deixar, vou lá no email agora baixar. Fica com Deus.

      Excluir
  3. oi gostaria q vc comentasse mais esta dinamica não entendi muito fk com DEUS!

    ResponderExcluir
  4. tbm ñ entendo a dinamica,me explica?

    ResponderExcluir

Caso não dê conta de comentar com o seu email, você poderá comentar clicando na opção ANÔNIMO, só não pode esquecer de deixar o nome no final de seu comentário. Desde já, agradeço seu comentário e convido a voltar sempre.

Jonathan Cruz