quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Módulo 2 - Catequese e Psicologia das Idades

Catequese e Psicologia das Idades
IDADE DE QUATRO A SETE ANOS - CARACTERÍSTICAS


A partir dos 4 anos, sua linguagem é correta. Os brinquedos e os desenhos são fundamentais. Através deles a criança dessa idade se projeta.


a) Globalismo: A criança vê tudo como um todo. Ela não consegue perceber os detalhes, assim como pensar nas minúcias. Ela quer desenhar sua casa que seria igual para todo mundo. Isto é o que ela sabe fazer e nós devemos aceitar.


b) O egocentrismo: Nesta idade a criança acha que o mundo gira em torno dela. Tudo é seu. O pai, a mãe, os brinquedos.



ATITUDES DO CATEQUISTA QUE EVANGELIZA CRIANÇAS DESSA FAIXA ETÁRIA:
O catequista para falar de Deus, para crianças dessa idade, deve falar muito dos pais porque a criança é ainda muito ligada à família. O catequista deve conhecer os pais das crianças para melhor conhecer seus filhos. Orações gesticuladas são importantes. Movimentos dos braços, danças, etc, fazem com que a criança exprima o seu interior.

ATIVIDADES PARA OS ENCONTROS: 
  • Brinquedos: (pode ser confeccionados brinquedos com material reciclado, desde que tem haver com o tema do encontro.) 
  • Joguinhos: (Joguinhos de Trilha abordando valores, ensinamentos, ou versículos, também joguinhos como o da amarelinha dos mandamentos, e dinâmicas.) 
  • Desenhos 
  • Orações gesticuladas: (São orações com gestos) 
  • Danças 
  • Pinturas (Podem pintar imagens de santos, de Jesus)
  • Dobraduras e Recortes: (Pode usar cartolina, EVA)
BIBLIOGRAFIA:
  • Encontramos o Senhor - Formação de catequistas - 4ª edição - 1974;
  • Para ser catequista - Ed. Vozes 1978;
  • Didática do Catecismo - ISPAC - Ed. Vozes 1964;
  • As grandes linhas da psicologia da criança - Guy Joaquim;
  • Desenvolvimento da Criança - Paul Osterich;
  • Conteúdo e orientação para Catequese Renovada - Ed. O Recado
  • Revistas: Família Cristã; AMAE; Pais e filhos;

"Olá Pessoal, estou muito feliz pelo resultado dessa formação, percebo que muitos catequistas mesmo em férias buscam por formação, isso é sinal de puro amor que sentem pela catequese.
Estou lendo todos os comentários, e no primeiro módulo fiz questão de responder um por um, e mesmo se de agora para frente eu não conseguir responder todos, não significará que não estou acompanhando, muito pelo contrário, leio todos... palavras por palavras.
O módulo 2  retrata as criancinhas que estão conhecendo o mundo a sua volta e por isso o catequista deve coloca-los para movimentar bastante.
Abaixo vou apresentar para vocês algumas ideias bacanas para usar em seus encontros, basta clicar em cada link."

Dinâmicas:
  1. Clique Aqui 
  2. Clique Aqui
  3. Clique Aqui
  4. Clique Aqui
Trabalhos Manuais:
Aos catequistas:
Colegas catequistas, ainda existem comunidades que dão catequese no ambiente escolar. Encontramos catequistas que confundem catequese com escola, muitos usam o quadro negro para dar vários textos para os catequizandos copiarem, muitos dão encontros com as carteiras enfileiradas como na imagem abaixo:

Alguns ainda dizem: "dou aula de catequese" sendo que o correto é "dou encontro de catequese", dizem também que são "professores de catequese" sendo que somos "CATEQUISTAS".
Não precisamos de muito para criar um ambiente para a sala dos encontros de catequese, até mesmo porque, Deus gosta de simplicidade, veja algumas imagens que encontrei na internet sobre como deve ser uma sala de encontro da catequese:
(Aqui nem de carteiras precisou, todos sentaram no chão em circulo.)

(Aqui lembra de Jesus e os 12 apóstolos, sem falar que é uma sala bem simples e aconchegante.)

(Aqui é um sonho que muitos de nós temos, é uma sala bem moderna.)

Esta é uma realidade, não estou inventando e aproveitando esse nosso momento de formação, quero saber da opinião de vocês sobre isso.

Amanhã no mesmo horário (20:30h), nossa formação continua, até lá!!!

40 comentários:

  1. Concordo com você,tem que ser simples mais com muito amor!
    Sueli Prates.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite amigo! Muito legal sua partilha, viu...na minha turma apesar de ser um salão, junto em um canto com meus 19 (dezenove) catequizandos , com cartaz, mesa com bíblia, vela, flores, imagens e cadeiras em círculo. Bjs e até amanhã, Shenia.

    ResponderExcluir
  3. Estou acompanho,desde hoje pois foi hoje que fui convidada,mais estou muito satisfeita,estou adorando tudo rsrs meus filho faz mini jovem e age e a minha filha esta se preparando para a primeira comunhão, estou conseguindo tirar muitas duvidas, meu sonho é ser catequista estou entrando nesse mundo de cabeça rsrs.PARAÉNSS!!!esse blog esta muito interessante e lindo....

    ResponderExcluir
  4. Boa noite.
    A paz de Cristo e o amor de Maria.
    Muito interessante a questão. Aqui na Capela onde atuo como catequista foi preciso discussão para mostrar a coordenadora que na catequese não existe prova. Na Matriz ainda há prova, acredita?
    Acredito que devido a minha formação pedagógica, a minha prática catequética não foi diferente.Quando estou com os pequenos (raridade)procuro agir de acordo com a idade.
    E com adolescentes de acordo com as necessidades que a idade exige. Mas chegaremos a discussão mais tarde, rsrsrsrsr

    Até mais.

    Monica Rosa

    ResponderExcluir
  5. otima as dicas de hoje, Estou muito feliz c/ a sua ajuda. Paz e Bem. Claudia Comin Gomes - Bebedouro/SP

    ResponderExcluir
  6. Ha gostei das dinâmicas!
    Sueli Prates

    ResponderExcluir
  7. Amei as dinamicas, onde as tradicionais brincadeiras tem um ensinamento que os ajudam a assimilar a convivencia com o outro. Além da sugestão da sala para que não fique em um ambiente com cara de sala de aula. muito obrigada e boa noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosi Brandina,NOVO HORIZONTE (SP) comunidade Santa Isabel da matriz São José (conego Alfredo do Rio

      Aqui ja temos salas novas de catequese , aqui temos p apoio de nosso paroco ,mas precisamos colaboração dos pais a maioria coloca seus filhos na catequese com o interesse de um documento .Peço muita oração por todos os pais ,os catequizandos e nós catequista.
      Muita Paz e Luz .
      ROSI BRANDINA

      Excluir
  8. Gostei muito de todas as dinâmicas, estou aprendendo cada vez mais com essa formação.Paty

    ResponderExcluir
  9. Prezado irmão, nossa comunidade ainda não trabalha com catequizandos dessa idade, o conteúdo é bem proveitoso, para analisarmos esses facha etária,
    paz e bem!

    ResponderExcluir
  10. Boa noite amigo, consegui um tempinho para vir aqui não aguentava mais de tanta ansiedade para o modulo de hoje. e vejo que é com a faixa etária que estou evangelizando em minha comunidade, levei um tempo para entender como agir com eles,para ser mais sincera só depois do mês de julho, mas vejo que agora estou agindo de quase certo, tenho passado mais desenho e musicas e brincadeiras. Quase nem uso as carteiras que tem em nossa sala, e sim ficamos mais a vontades em círculos ou ate mesmo espalhadinhos no chão eles adoram. (tenho fotos no meu blog se quiser dar uma olhadinha). Pretendo agora me esforçar mais ou seja me cobrar mais. adorei a ideia das dinâmicas e o modulo de hoje. abraços

    ResponderExcluir
  11. Eh! salas proprias e modernas para ser usadas pela catequese, é um sonho mesmo....na grande maioria, a realidade é diferente.....precisa ter consciencia dos padres e da comunidade do valor da catequese na vida da comunidade e assim será oferecido melhores condições.
    Grazielle - Itabatan - BA

    ResponderExcluir
  12. Ola,no começo eu era chamada de carinhosamente de "PRO" pelos meus amados adolescentes......
    Hj a história é outra,me chamam pelo nome e me vêem como uma grande amiga!!!!
    Parabéns pelas formações....Glaucia(glaucia_figueredobgi@hotmail.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos no começo me chamava de "fessor" e com minha insistência de corrigi-los muitos me chamam pelo nome, ou catequista. Me emociono quando eles me veem na rua e me gritam: CATEQUISTA! rsrsrs

      Excluir
  13. É,como alguém postou antes, dá vontade de fazer uma apostila...
    Tá muito legal meu amigo.
    Beijos!!!
    Clécia

    ResponderExcluir
  14. Olá Jonathan! Obrigado por sua iniciativa. A formação para nós catequistas é muito importante.Deus te abençoe. Estou gostando muito. Denise.

    ResponderExcluir
  15. A cada dia, fica mais interessante...ja estou ansiosa pelo encontro de amanhã..
    Janice

    ResponderExcluir
  16. Nossa q boa essa formação estou amando!!!!!
    posso copia e passar para os outros catequistas da minha comunidade?

    ResponderExcluir
  17. Mais uma vez Jonathan parabéns, cada dia fico mais encantada com o seu trabalho e sua disposição. Ah se todos os catequistas fossem assim tão dinâmicos, nossas crianças aprenderiam muito mais e certamente iam gostar mais de ir a catequese.
    Já dei encontro de catequese para essa faixa etária e me apaixonei por meus pequenos, é um a idade muito boa de evangelizar.
    Um abraço
    Cláudia Nunes

    ResponderExcluir
  18. Ahh!!!! Essa faixa etária na minha opinião é a mais gostosa para darmos catequese. As crianças são desinibidas e falam bastante. Trazem os conflitos familiares e escolares tudo pro encontro.Que delícia! Vou compartilhar com vcs um momento do encontro da catequese, isso no ano passado.Depois da dinÂmica de apresentação, falei pras crianças que tinhamos um amigo que estava ali conosco, e perguntei se eles sabiam quem era. Alguns falaram que era Jesus outros ficaram com a carinha de interrogação. Então falei que era sim Jesus, nosso melhor amigo, e lancei uma "dúvida". Será que Jesus existe mesmo??? Alguém já viu Jesus? Como vcs podem ter certeza de que Ele existe?
    Prá minha surpresa, uma das crianças respondeu assim: Existe sim! Então eu perguntei novamente: Como vc pode ter tanta certeza que Ele existe? Mais uma vez a resposta foi uma bela surpresa... é que eu sinto Ele no meu coração. Confesso que fiquei alguns segundos sem palavras, só olhando bem para aquele rostinho lindo do qual os olhinhos brilhavam ao falar do nosso Senhor. Foi uma experiência única, linda e que jamais me esquecerei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiane, esta faixa de idade é mesmo encantadora, é de fazer nossos olhos brilhar de tanta alegria. Eles amam participar, falar, até mesmo debater com o catequista e muitas vezes nos colocam de saia justa por as vezes até saber mais do que agente rsrsrs.

      Excluir
  19. Oi Jonathan, o módulo de hoje está maravilhoso. Apesar de não trabalhar com essa faixa etária, eu amo essa fase. Gostei muito da forma como você abordou sobre o ambiente de catequese, pelo que percebo, em toda comunidade existem catequistas que ainda não despertaram para essa realidade, não tem o devido cuidado com o ambiente e querem fazer da catequese uma verdadeira sala de aula. Um abraço e até o próximo módulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kesia, esse problema de catequista confundir "escola & Catequese" é grave por existir ainda, em pleno século 21 existir. Tomara que muitas comunidades vejam isso e mudem né?

      Excluir
  20. Bom dia Jonathan!Muito legal todas essas dicas, aqui na paroquia nossas salas são simples, e procuramos deixar sempre um ambiente acolhedor.As dinâmicas são ótimas! Estou partilhando no grupo no face.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  21. Paz de Jesus!
    Aqui em minha comunidade tem casos assim pessoas acham que catequese e escola, já falei muito sobre isso ate crianças vieram atras de mim para reclamar .Mas fui falar acham que eu so quero aparecer e copiar moda ,foi muito dificil para mim mas nao desistir dessa caminhada. Sempre pensei da forma que disse ,foi muito bom saber que eu estou no caminho certo, sei que nao sou perfeita e tenho muitos erros sim ,mas acho que devemos saber bem evangelizar as crianças , e fiquei bem mas tranquila a esse respeito pois ate me sentia um pouco mal ,achando que estava de mais.
    Muito obrigada por tudo estou gostando bastante do curso.
    Deus abençoe sempre!
    Natalia Nascimento.

    ResponderExcluir
  22. Tudo muito bom, estou gostando muito dessa formação, em minha comunidade sempre frisamos para os catequizandos que eles não estão numa escola e que nós catequistas não somos professores.

    ResponderExcluir
  23. OLA ONTEM MINHA NET NÃO CONECTAVA POR ESSE MOTIVO VOU RESPONDER AGORA
    COM MINHA TURMINHA DO OS ENCONTROS EM UMA SAL NA IGREJA MESMO QUE JÁ É PROPRIA PARA ISSO SÃO APENAS CADEIRAS E UMA LOUSA A QUAL USO APENAS PARA OS RECADOS.
    SA CRIANÇAS NÃO GOSTAM DE ESCREVER POI JA VEM DA ESCOLA .NOS ENCONTROS TRABALHO COM DESENHOS K JÁ LEVO IMPRIMIDOS OQUAL IMPRIMO NA SECRETARIA DA PAROQUIOA,E MUSICAS E BRINCADEIRAS.....É BEM MAIS FACIL PARA AS CRIANÇAS APRENDEREM E TEM DADO CERTO APESAR DE SER MEU 3 ANO ESTOU ADORANDO E A CADA ANO SE APRENDE MUITO....PARABÉNS PELA INICIATIVA ANA SILVIA PEDROSO-BOCAINA-SP

    ResponderExcluir
  24. Verdade Jonathan,aqui graças a Deus ,nós falamos Encontros e Catequistas.Ás vezes alguns pais que ainda insistem em dizer da forma antiga..mas aos poucos eles vão acostumar tbm.Essa formação é td de bommmmmmmmmmmmm!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Nossa a última sala e o "meu", o "nosso" sonho de realização na Paroquia Santos Anjos da Guarda, até que improvisamos algumas coisas que chega bem perto daquela realidade , mas ainda temos "profequistas" em nossa Paroquia. Mas agora uma nova coordenção ,um novo Paroco começaremos a caminhar para algumas mudanças, tbém acho que o passado e importante em se der na memória, em se der em registro, pois foi atravês daquele inicio que estamos caminhando para chegar aqui hoje.Mas que aquela sala e perfeita isto ela é. Silvânia Moura - Paroquia Santos Anjos da Guarda - BH - MG

    ResponderExcluir
  26. Jonathan, estou adorando a formação e vou indica oas outros catequistas da minha comunidade, descupe por não ter comentado antes, por que tive problemas com o PC ontem mais tudo bem. valeu mesmo.
    Wanderson Saavedra - Paroquia Nossa Senhora Aparecida - Luziânia - GO

    ResponderExcluir
  27. JONATHAN, ESTA FORMAÇÃO ESTÁ MARAVILHOSA, SERÁ DE GRANDE VALIA PARA TODOS NÓS.EM NOSSA PARÓQUIA, TEMOS NOSSO CENTRO CATEQUÉTICO COM VÁRIAS SALAS, PENA QUE NÃO É COMO NAQUELA FOTO, SONHO DE CONSUMO DE TODO CATEQUISTA.ABRAÇOS QUERIDO AMIGO.

    ResponderExcluir
  28. Olá Jonathan, estou muito contente com as dicas. Um dia vamos alcançar esse nível das salas que vc postou,rsrs, para Deus nada é impossível. Na nossa sala geralmente trabalhamos em circulo, ou sentados no chão assim com vc citou nesse módulo. As dinâmicas estou salvando, pois vai ajudar nos projetos e formação dos pequeninos. Até o próximo módulo, Geruzete- Manaus, Am

    ResponderExcluir
  29. olá amigo, ontem não consegui postar meu comentário, então estou deixando agora e já ansiosa pra ver o 3 módulo. trabalho com uma turma grande, são 30 crianças na faixa de 12 anos, como é difícil mudar esta visão de escola que a maioria tem, parece que é automático nos chamarem de professor, aos poucos vão percebendo, após muito se falar, que não somos o professor e sim o catequista. amei esse módulo, já tive mais idéias pra trabalhar com minha turma. obrigada por essa oportunidade de sempre aprendermos mais. continue assim, que Deus sempre te abençoe.

    ResponderExcluir
  30. Oi, Jonathan!! Muito boa a formação!!Ainda escuto catequistas falando aula de catequese. É de chorar, né? Na minha paróquia, sentamos todos em círculos, nada de cadeiras enfileiras como na escola. Acredito que com muita formação conseguiremos conscientizar a todos (catequistas, catequizandos, pais e comunidade) que catequese não é escola. Amei a última sala de catequese. Vamos sonhar, né? Bom domingo.

    ResponderExcluir
  31. Nos encontros de catequese na sala as cadeiras ficam em circulo.Onde todos partilham.No centro a imagem de Jesus e Maria,a vela,a biblia e flores.Gosto do ambiente alegre e acolhedor.Realizo encontros na casa dos catequizandos,no ar livre;enfim...A decoração da sala foi feita com a ajuda das crianças.Sempre pergunte a eles e deixem que eles ajudem a tornar o local onde sera o encontro,cada vez mais acolhedor.

    ResponderExcluir
  32. Olá! Adoreias dicas com dinâmicas e lembrancinhas, salvei a lembrancinha de N. Sra. Aparecida, muito fofa! Sabe, aquela última imagem que é o sonho de todos nós, é realidade em Caxias do Sul/RS, segundo o Padre Leomar Brustolin. Ele foi um dos assessores na escola catequética na minha diocese, e como você mesmo falou, ele frisou bem o fato de sermos catequistas, não professores.

    ResponderExcluir

Caso não dê conta de comentar com o seu email, você poderá comentar clicando na opção ANÔNIMO, só não pode esquecer de deixar o nome no final de seu comentário. Desde já, agradeço seu comentário e convido a voltar sempre.

Jonathan Cruz