segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Catequista, quem é Deus?


Hoje no #BatePapoCatequético os leitores do blog #CatequeseComCrianças acompanharão um bate papo que tive recentemente com o Padre Clayton Bueno Mendonça da Diocese de Guaxupé/MG. Perguntei a ele como devemos agir quando nos deparamos com algumas perguntinhas feitas por nossos catequizandos, tipo: Quem é Deus? Se Deus criou o mundo, quem criou Deus? Se Deus é Pai de Jesus, quem é Pai de Deus?
Com sabedoria e extrema gentileza nosso querido Padre Clayton nos presenteia com suas palavras. Vejam:
Por Padre Clayton:
É uma boa pergunta sem dúvida!
Poderíamos responder de forma bem simples, por exemplo:
Deus é nosso Pai. Mas um Pai bom, que nos ama muito! Nos ama tanto que quer sempre o nosso bem, a nossa salvação. Por isso Ele nos enviou seu Filho Jesus Cristo. Enviou para nos salvar de nossos pecados. O pecado nos afasta de Deus e, em Jesus, que nos salva, nos aproximamos de Deus!
Seria por aí, uma forma bem simples de mostrar quem é Deus...
Por que nunca o vemos: porque Ele é Espírito, e não é visível aos olhos humanos, mas apenas com um olhar de Fé!
Não O vemos mas O sentimos: sentimos a presença de Deus em nossa vida!
Seria, como por exemplo, o ar que respiramos: não o vemos, mas pela ciência sabemos que ele existe e o sentimos quando se venta... e bem sabemos que sem o oxigênio não vivemos!
Assim acontece com Deus: não O vemos, mas pela fé cremos que Ele existe e O sentimos presente em nossa vida. Deus está sempre muito perto de nós... e bem sabemos que sem Deus não vivemos!
Espero que essas minhas falas te ajudem.
Qualquer dúvida, estou à disposição!
Uma sugestão: quem sabe, propor aos catequisandos que elaborem perguntas, a partir de suas dúvidas, e chamar o Padre de sua comunidade para respondê-las... seria bem interessante principalmente para eles terem contato com o Padre. Fique com o Bom Deus!
Catequista Jonathan Cruz comentando:
Adorei a contribuição ofertada pelo Padre Clayton aos leitores do Blog Catequese com Crianças! Agradeço imensamente pelas sábias palavras e convido a todos a rezarem uma “Ave Maria” para nosso querido Padre Clayton.
 A sugestão final é muito rica, pelo fato de aproximar ainda mais nossas crianças do nosso pároco, proporcionando um bate papo ou roda de conversa, das crianças com o Pároco. Para isso acontecer, deve ser feito de maneira organizada. O catequista deve fazer um convite ao Pároco e junto a esse convite as perguntas já devem ser repassadas ao mesmo, tudo isso para preparação do Pároco e como forma de respeito também. No final do bate papo ou roda de conversa, a turminha pode oferecer mimos (presentes) ao Pároco como forma de agradecimento. E aí, vamos criar uma roda de conversa em nossa catequese?

Até a próxima pessoal!

3 comentários:

  1. Jonathan! Gostei muito do texto. Gosto também de comparar o Espírito Santo com o vento que toca: "não podemos ver, mas podemos sentir." Parabéns! A sugestão de levar o padre para uma roda de conversa com as crianças é ótima. bjs

    ResponderExcluir

Caso não dê conta de comentar com o seu email, você poderá comentar clicando na opção ANÔNIMO, só não pode esquecer de deixar o nome no final de seu comentário. Desde já, agradeço seu comentário e convido a voltar sempre.

Jonathan Cruz