terça-feira, 4 de março de 2014

Atividades sobre a Campanha da Fraternidade 2014

No dia 5 de março, em todas as paróquias do Brasil vai ser lançada a Campanha da Fraternidade com o tema 'Fraternidade e Tráfico Humano'. Entre os objetivos está o de conscientizar a sociedade sobre a insensatez do tráfico de pessoas e sobre a sua realidade. Conforme a CNBB, o problema é difícil de ser enfrentado por causa do preconceito e do medo das vítimas, fazendo com que poucas pessoas denunciem os fatos do tráfico. 
O período forte da Campanha da Fraternidade é a quaresma, que inicia na quarta-feira de cinzas e termina na Semana Santa. O convite é a conversão em vista de uma melhor vivência do evangelho. É o que expressamos no momento da imposição das cinzas, quando o ministro diz: “Convertei-vos e crede no Evangelho”!
Pensando em ajudar os catequistas do Brasil com sugestões para enriquecer ainda mais seus encontros na catequese, apresento a vocês algumas ideias  de atividades que criei com muito carinho.
Confira:



O catequista poderá desenvolver as atividades acima de acordo com a realidade da turma.
Quando elaboro as atividades tenho o cuidado de pensar nas crianças menores, as de 6 anos por exemplo, pois ainda não sabem escrever e o catequista deve trabalhar com elas através da oralidade e do visual (imagens, fotos, gravuras etc). Uma ideia bacana para esta idade, são histórias. O catequista poderá criar alguns fantoches e contar uma história, ou reunir com os outros catequistas e apresentar um teatro, ou criar a sugestão da TV que passei na postagem anterior e contar a história do Pinóquio e outras relacionadas ao tema 
No querido blog, que também trabalha em prol da evangelização, o Amiguinhos de Deus, tem algumas sugestões de desenhos para colorir, veja:





Catequistas, uma sugestão que não pode faltar nos encontros são cartazes com versículos bíblicos que leva os catequizandos a refletir o tema da Campanha da Fraternidade. Veja alguns: Gálatas 5,1 (o lema) / João 1.10 / João 4.10 / João 8.32 / Isaías 49.15 / Isaías 54.10 / Isaías 66.13 / Isaías 1.16 - 18 / Mateus 6.24 / Gálatas 5.22-23 / João 15. 9-11 etc.
Sempre faço um cartaz com essas passagens bíblicas e no início do encontro lemos e refletimos a mensagem de cada versículo.
Amigos catequistas, por hoje é só!
Reze uma Ave Maria por mim e até a próxima.  

Dinâmicas para Campanha da Fraternidade 2014

NÓ HUMANO

Objetivo: Integrar as pessoas e pensar sobre a liberdade que acontece na união das mesmas.
Público alvo: adolescentes, jovens e adultos.

Material: Um apito

Tempo estimado: 10 minutos

Acolha as pessoas e diga que elas têm uma missão a cumprir, peça a todos que façam um círculo de mãos dadas. Após a formação do círculo peça para cada um olhar bem a pessoa que está à sua direita e à esquerda, deixe-os conversar por um minuto (perguntar o nome, idade, o que faz da vida, curiosidades).

Logo depois, pergunte: Vocês já sabem quem está à sua direita e `a sua esquerda? Por exemplo, a minha mão direita está na mão esquerda de “fulano” e a minha mão esquerda está na mão direita de “sicrano”. Diga para eles que não podem esquecer. (Diga para eles que é muito importante saberem quem está ao lado para a atividade dar certo).

Após isso, diga para todos ou a todas que quando apitar eles devem andar aleatoriamente em um espaço que não fiquem, nem muito próximos, nem muito distantes um dos outros. Neste momento, é bom falar sobre a liberdade que temos em andar sozinhos. Explique que quando apitar duas vezes todos devem parar onde estão. Paradas onde estão, sem sair do lugar, devem dar as mãos como estavam na primeira formação (lembre as pessoas de não trocarem as mãos, ou seja, quem estiver na sua mão esquerda e à direita). Permita um ou outro de se mover, somente para alcançarem o colega e nunca para ficar na posição original. Isso fará um “nó humano”. Então, você pede para que, sem soltar as mãos, refaçam a formação original do círculo.

Isso exigirá muito espírito de equipe, colaboração, ajuda mútua e parceria. O animador pode dar as devidas instruções de como eles podem se ajudar ou sair do nó, mas sem soltar as mãos.

Ao atingir o objetivo, no final peça, um aplauso ao grupo que, com união, espírito de equipe e muita abnegação conseguiram ajudar um ao outro, mas que ninguém conseguiu resolver a situação sozinho.

Fale que devemos estar sempre ligados em Cristo para se resolver inúmeros problemas de nossas vidas, mas precisamos da união das pessoas para que a liberdade aconteça para todos, como forma de igualdade em seus direitos. Pois é muito ruim estarmos presos às situações que nos tira a liberdade.


- DIREITOS HUMANOS

Objetivo: Resgatar a importância da Declaração dos Direitos Humanos e focar para a questão da liberdade.

Publico alvo: Crianças a partir dos 8 anos, adolescentes e jovens.

Material: Papeís: (cartolina ou canson) verde, amarelo e vermelho. Mural (painel)
Tempo estimado: 45 minutos

Preparar uma caixa de cartões com várias formas: círculos, triângulos, quadrados, retângulos, nas cores verde, amarelo, vermelho. Entregar um para cada pessoa.

Usar as formas para distribuir o grupo em subgrupos, de acordo com a forma.
Dispor em uma folha de papel alguns artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) (procurar nas dicas de sites), e entregar aos grupos para serem discutidos. - Propor que cada um relacione com a vida: os direitos que já são respeitados e os que ainda não são. 
Escreve-se nos cartões verdes o que já existe e é reconhecido; nos amarelos o que precisa de mais atenção e respeito; nos vermelhos o que ainda precisa ser alcançado porque ainda não é reconhecido e respeitado pela sociedade ou países.
Após a conversa, cada grupo seleciona um ou dois artigos discutidos para serem apresentados em plenário.
Forma-se um grande círculo, onde cada subgrupo expõe para os demais o que foi conversado acerca dos direitos humanos, ilustrando com fatos vivenciados ou noticiados (de violação, de lutas pelo reconhecimento, de conquistas, mobilizações etc.).
À medida em que conclui, afixa os cartões dos Direitos Humanos no painel (ou parede) dos Direitos Humanos.
O coordenador anota e complementa, se necessário, esclarecendo equívocos e lançando perguntas que ajudem na reflexão.

domingo, 2 de março de 2014

Campanha da Fraternidade 2014 - Uma história que nos dá bom exemplo

Olá Catequistas!
Todos aí pensando e planejando os encontros da catequese com o tema da Campanha da Fraternidade 2014.
Todos já sabem que o tema da Campanha da Fraternidade 2014 é Fraternidade e Tráfico Humano e o lema "É para a Liberdade que Cristo nos libertou (Gl 5,1)".

Bom, hoje vou partilhar uma ideia!
Quem já ouviu a história do Pinóquio?
Sim, aquele que quando fala mentiras o nariz cresce...

Sabia que esta história dá um bom encontro de catequese? Eu aprendi com o livro da CF 2014 que todos podem adquiri-lo CLICANDO AQUI.

Então vamos contar esta história para nossos catequizandos?

A ideia é a seguinte:

Vamos criar uma TV Maluca... Quem lembra da postagem que fiz ensinando passo a passo como faz? Quem não viu a postagem é só CLICAR AQUI

Depois da TV criada, agora é hora de contar a história cena por cena.


















Depois da História é hora de refletir com a turma:
1 - Qual era a profissão de Gepeto?
2 - Na sua opinião, quando Gepeto criava um brinquedo mais caprichado ele vendia mais caro ou mais barato?
3 - Gepeto tinha um grande desejo que era ter um filho. Que filho Gepeto teve? Como era esse filho?
4 - Ao criar o boneco e ver que o boneco possuiu vida, Gepeto logo teve vontade de vende-lo e se tornar milionário?
5 - O Pinóquio tinha algum preço para Gepeto?
6 - O que Gepeto sentia por Pinóquio que o fazia ser tão especial?
7 - Gepeto pode ser comparado a Deus?
8 - Gepeto criou o boneco de madeira e o que Deus criou de tão especial que não tem preço?
9 - Quando Deus criou os seres humanos Ele pensou em um preço para cada ser humano?
10 - Para Deus existe algum ser humano mais valioso?

Hora da Dinâmica: O catequista dividirá a turma em 3 grupos e distribuirá revistas, jornais, panfletos de supermercado, lojas e 1 cartolina branca para cada grupo.
O Grupo 1 recortará gravuras de "Coisas baratas" e colarão na cartolina.
O Grupo 2 recortará gravuras de "Coisas mais caras" e colarão na cartolina.
O Grupo 3 recortará gravuras de "Coisas que não tem preço, porque é valioso demais".

Depois de prontos os cartazes o catequista colará os cartazes na parede e juntos com a turma refletirá cada cartaz:

1 - Porque algumas coisas são mais caras do que as outras?
2 - Devemos comprar tudo que desejarmos?
3 - O que é mais valioso: Um presente caro ou a alegria de estarmos sendo os melhores amigos dos nossos pais e de todos que cuidam de nós?
4 - Por que as gravuras do cartaz 3 não tem preço por ser valioso demais?

Momento Final: Oração da CF 2014 para colorir (CLIQUE AQUI PARA IMPRIMIR)

Pessoal, por hoje é só... Reze uma Ave Maria por mim e até a próxima.

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Primeiro Encontro na Catequese: Meu caminho é Jesus

Olá Amigos Catequistas!
Este ano damos início a catequese no dia 08 de fevereiro de 2014 e este dia a coordenadora faz uma acolhida coletiva, reunindo todos os catequistas e catequizandos e juntos fazemos um momento de oração, apresentação das atividades que serão desenvolvidas no decorrer do ano e os catequistas são apresentados para suas turmas.

No próximo encontro cada catequista já teve um contato maior com a turma e neste encontro gosto sempre de planejar algo que enfatize "Jesus", que mostra as crianças que elas estão ali para ficarem mais próximas Dele. 

Vamos aos detalhes desse encontro.

Ambiente: Altar com forro branco, bíblia, imagem de Nossa Senhora ou Santo Padroeiro, flores e uma caixa de presente com a imagem ou gravura de Jesus dentro.

Acolhida: Abraços, música (de preferência que fala de Jesus) e oração (Pai Nosso, Ave Maria, Santo Anjo).

Desenvolvimento do Encontro: Toda a turma sentados no chão ou em cadeiras em circulo. O catequista apresenta a caixa de presente dizendo que dentro da caixa existe um presente para todos. 

Obs.: Dentro da caixa deverá conter uma imagem ou gravura de Jesus Cristo. 

Claro que todos os catequizandos ficarão "curiosos" e o catequista deverá atiça-los, fazer com que tenham a vontade de saber qual presente vão ganhar. 
O catequista dirá aos catequizandos que quando começar a tocar uma música (bem calma) um a um levantará e andará ao encontro da caixa de presente, verá qual presente está dentro da caixa, voltará para o lugar e permanecerá em silêncio até que todos participam.

Sugestão: Pode ser criado um caminho em direção a caixa de presente, um caminho feito por pezinhos de papel ou por pétalas de rosas, enfim, vai a criatividade de cada um.

Após a descoberta do presente: Depois que todos receberam o presente, o catequista fará as seguintes perguntas para a turma refletir e expor suas opiniões (Ressalto que as perguntas deverão ser feitas oralmente e coletivamente):

1 - Qual presente encontrado?
2 - O que esse presente significa para você?
3 - Como esse presente faz parte em sua vida?
4 - Quando esse presente faz parte em sua vida?
5 - Onde podemos encontrar esse presente?
6 - Como podemos oferecer este presente?

Após a reflexão: Depois de dialogar com a turma é hora de esticar o corpo e agitar um pouco, então será a hora da brincadeira!
Quem já ouviu falar na brincadeira "MORTO E VIVO"?
Pois é, quando diz "MORTO" a pessoa abaixa e quando diz "VIVO" a pessoa levanta!
Esta é parecida só muda o jeito de falar.
Quando digo "SEM CRISTO" a pessoa abaixa e quando digo "COM CRISTO" a pessoa levanta!
A medida que os participantes errarem vão saindo até sobrar um que será o grande vencedor.

Após a brincadeira: Depois da animação levar as crianças a refletir sobre a brincadeira. 
Por que quando é dito "SEM CRISTO" temos que abaixar e quando é "COM CRISTO" temos que levantar?

Hora da Atividade: O catequista poderá distribuir o desenho para colorir.


Momento Final: Oração, cartãozinho escrito "Jesus te ama e eu também" e um docinho, pirulito, pipoca, etc.
Eu mesmo dei uma paçoquinha. 

Bom amigos catequistas, por hoje é só! Rezem por mim.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Voltando aos poucos

Olá amigos!!!
Quem ficou com saudades?
Pois eu estou com muitas saudades de vocês, de nossos papos sobre catequese, das partilhas feitas por esse espaço.
Bom, o motivo do meu sumiço tem haver com novos projetos que abracei e que contarei aos poucos.
Devagar estou chegando e conto com a ajuda e orações de todos.
Retorno abrindo espaço aos meus amigos catequistas blogueiros anunciando a lista dos "Catequistas Unidos".
CLIQUE AQUI



Vamos fazer uma corrente de oração e rezarmos para todos os catequistas do Brasil!

Até a próxima!

sábado, 24 de agosto de 2013

Encontro para catequese sobre Vocações

Olá amigos Catequistas!
Mês de agosto, mês de alegria, mês das vocações, mês dos Catequistas ! (até rimou rsrsrs)
Antes de começar com as novidades, quero deixar registrado aqui, todo o meu carinho e admiração aos catequistas do mundo inteiro. Que Deus abençoe a todos nessa linda caminhada que tanto amamos.
Que lembremos sempre que o nosso trabalho é pra Jesus, por Jesus e da vontade de Jesus. Por Ele façamos sempre o nosso melhor, que possamos sempre nos doar por inteiro, e em cada catequizando que Ele nos confiar, podemos ver a imagem e semelhança de Jesus. Parabéns a todos os catequistas!

Bom amigos,
Hoje, venho contar detalhadamente como foi o encontro que realizei sobre VOCAÇÕES.

ACOLHIDA: Acolher os catequizandos com alegria. Em rodinha, cantando e dançando a música FAMÍLIA (CD Pescadores Kids). Obs.: Um catequizando com a imagem da Sagrada Família vai até o centro da roda, levanta a imagem bem alto e passa a imagem para outro catequizando repetir o mesmo gesto. No Final da música e gestos, pedir a todos para fechar os olhos e pedir a Deus uma prece para a família.
AMBIENTE: Altar com a imagem da Sagrada Família, pés de papel, cartaz com um ponto de interrogação, uma caixa de presente. Veja a foto:

  • Perguntar aos catequizandos o que representa o altar;
  • O que os pés e o ponto de interrogação representa;
  • O que pensam quando ouvem a palavra VOCAÇÃO;
Dúvidas vão surgir, e surgirão nuvenzinhas em suas cabecinhas com um ponto de "?", então após dúvidas e mais dúvidas, é importante partir para a história de PEIRRE. A história conta a vontade imensa de um pássaro chamado PIERRE de descobrir sua vocação. No decorrer da história o avô de Pierre o ajudou a descobrir o caminho certo de sua vocação. Para conhecer e imprimir a história basta clicar aqui e conferir no blog JARDIM DA FÉ.
  • Imprimir os pássaros, colei eles em palitos de churrascos e os transformei em fantoches.
Pássaro Pierre
Pássaro Vovô

Depois da história, refletir coletivamente a mensagem transmitida e logo após, passar de mão em mão uma caixa, sendo que cada um deverá tirar uma gravura, e dizer se a gravura reflete vocação ou profissão.
Explicar a diferença de profissão e vocação:
Profissão
Vocação
1 . aptidão ou escolha pessoal para exercer um trabalho1. chamado de Deus para uma missão, que se origina na pessoa como reação-aspiração do ser
2. preocupação principal: o "ter", o sustento da vida2. preocupação exclusiva: "o ser" , o amor e o serviço
3. pode ser trocada3. é para sempre
4. é exercida em determinadas horas4. é vivida 24 horas por dia
5. tem remuneração5. não tem remuneração ou salário
6. tem aposentadoria6. não tem aposentadoria
7. quando não é exercida, falta o necessário para viver7. vive da providência divina
8. na profissão eu faço8. ha vocação eu vivo

A profissão dignifica a pessoa quando é exercida com amor, espírito de serviço e responsabilidade. A vocação vivida na fidelidade e na alegria confere ao exercício da profissão uma beleza particular, é o caminho de santidade. Fonte: Catequisar
  • Para finalizar o momento da rodinha, propor que todos fiquem de pé e dancem a música  "Vai Pular quem é Cristão" (CD Pescadores Kids)
Depois de dançar, pular, sorrir... é hora de colorir!


MOMENTO FINAL: Oração as vocações, beijos e abraços e até o próximo encontro.


Bom amigos catequistas, por hoje é só! Fiquem todos com Deus.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Capelinha feita de caixa de leite

Olá Pessoal! Todos emocionados acompanhando o Papa Francisco pela TV né? Também estou muito!
Bom, hoje vim mostrar uma Arte que eu, a catequista Conceição e Ivana estamos fazendo para nossos catequizandos.  Estamos confeccionando uma "Capelinha de Nossa Senhora do Carmo" feita com caixa de leite veja as fotos:





Catequista é mesmo um ser ARTEIRO! (rsrs)
Até a próxima!

domingo, 21 de julho de 2013

Retiro com os catequizandos

Olá pessoal! Eis me aqui...
Hoje venho apresentar a vocês a realização de um sonho que sempre tive em minha caminhada como catequista.
O sonho de realizar um Retiro Espiritual com meus catequizandos.
De tanto pedir a Jesus, Ele, creio eu, foi encaminhando tudo. Por isso agradeço do fundo do meu coração pela realização dessa abençoada graça.
Para realizar um retiro com os catequizandos exige do catequista criatividade e organização. Não devemos fazer por fazer, fugir do foco. Devemos realizar um retiro leve, voltado para as crianças, porém mostrando a elas a importância do Retiro.
Ouve momentos de brincadeiras, dinâmicas, porém teve muita oração e louvor, ao qual não poderia faltar de jeito nenhum. Enfim, foi uma mistura boa, evangelização e diversão. Não teve quem não gostou.
Veja as fotos:




A programação foi feita através de uma que postei aqui tempos atrás clique aqui. Mas o retiro pode ser realizado num formato de circulo como: Momento de oração, Momento do Canto, Momento de contação de histórias bíblicas, Momento de dinâmicas. Nesse circulo o catequista vai conduzindo o retiro... Aja criatividade... Fiquei exausto mas valeu.

AGRADECIMENTOS:
Agradeço a catequista Cidinha que doou seu lindo Sítio.
Agradeço a nossa coordenadora Lílian, que correu atrás de todos os preparativos e que contagiou o retiro com seu entusiasmo e animação.
Agradeço as mamães que nos acompanhou e nos ajudou muito.
Agradeço a Prefeitura Municipal de Paraopeba pela doação do transporte.
Que Jesus abençoe a todos!

Ahhh! Não poderia me esquecer de convidar neste momento todos os leitores que por aqui passam para fazermos juntos uma oração pela JMJ 2013 que está iluminando nosso país.

Oremos:
Ó Pai, enviaste o Teu Filho Eterno para salvar o mundo e escolheste homens e mulheres para que, por Ele, com Ele e nEle, proclamassem a Boa-Nova a todas as nações. Concede as graças necessárias para que brilhe no rosto de todos os jovens a alegria de serem, pela força do Espírito, os evangelizadores de que a Igreja precisa no Terceiro Milênio.

Ó Cristo, Redentor da humanidade, Tua imagem de braços abertos no alto do Corcovado acolhe todos os povos. Em Tua oferta pascal, nos conduziste pelo Espírito Santo ao encontro filial com o Pai. Os jovens, que se alimentam da Eucaristia, Te ouvem na Palavra e Te encontram no irmão, necessitam de Tua infinita misericórdia para percorrer os caminhos do mundo como discípulos-missionários da nova evangelização.

Ó Espírito Santo, Amor do Pai e do Filho, com o esplendor da Tua Verdade e com o fogo do Teu Amor, envia Tua Luz sobre todos os jovens para que, impulsionados pela Jornada Mundial da Juventude, levem aos quatro cantos do mundo a fé, a esperança e a caridade, tornando-se grandes construtores da cultura da vida e da paz e os protagonistas de um mundo novo.

Amém!

SEJA BEM VINDO PAPA FRANCISCO!
Até mais pessoal!